Buscar
  • Lady Brigitte

A parte mais difícil de ser uma dominadora

Atualizado: Jul 18





A parte mais difícil de ser uma dominadora não são os desafios que ela encontra ao pesquisar sobre práticas que nunca ouviu falar, não são os erros que ela vai cometer dominando e nem ter que lidar com submissos que tentarão desafiá-la.

A parte mais difícil de ser uma dominadora é lidar com suas próprias emoções. Nada é mais difícil do que domar o leão que carregamos no peito.

Quando sentimos tesão e paixão em dominar superamos qualquer barreira de conhecimentos técnicos que o tempo e a prática ensinam. Já quando enfrentamos as barreiras emocionais tudo se complica.

Viver à sombra dos nossos fetiches, como se estivéssemos fazendo algo errado, pode ser tão cruel quanto o julgamento alheio que enfrentam as pessoas que assumem essa escolha e dão a cara a tapa à sociedade.

Podemos ser nosso pior carrasco nos torturando em um constante interrogatório como esse:

E se eu for descoberta?

E se a minha família não me aceitar?

E se meus amigos não entenderem?

E se isso afetar minha vida profissional?

E se eu não encontrar um parceiro para um relacionamento estável?

E se eu não for mais respeitada?

E se sentirem vergonha de mim?

E se...? E se...? E se...

A pressão social que enfrentamos é real. Um dia a gente tem certeza que está fazendo a coisa certa e no dia seguinte a culpa nos consome, mas amanhã é outro dia e dizem que o que não mata fortalece. Só que não ninguém é de ferro.

E se amanhã não estivermos mais aqui para fazer o que realmente desejamos?

94 visualizações1 comentário